VILA CLAUDINA


Perdi as contas de quantas vezes, fiquei curioso ao passar pelo estreito corredor, na altura do número 385, da Rua Galvão Bueno, no bairro da Liberdade.


Ao fundo, eu avistava uma casa, e um trecho de rua. Mas seria sem saída? Será que seria possível entrar? Como seria o outro lado daquela passagem com grafites interessantes?


Parte da minha curiosidade foi sanada pela série Spectros da Netflix (uma série de terror adolescente, totalmente gravada no bairro). Na série, 2 dos personagens moram ali e várias tomadas foram feitas no local.


Recentemente, num dos tours que fazemos pelo bairro, decidimos desbravar o pequeno corredor. Ao fundo, estão algumas casas dispostas numa vila minúscula e sem saída. Numa das casas, existe uma placa com o nome da vila, que se chama Vila Claudina, em outra, consta uma data na fachada, 1912. Parte dos mistérios estavam resolvidos, trata-se de uma vila residencial centenária. Contudo, ainda tenho perguntas sem respostas. Quem teria sido Claudina? 1912 é a data de construção ou seria ela mais antiga.


Antes de escrever esse post, fiz uma busca no Google, mas ainda não tenho todas as respostas.


A Vila Claudina entrou oficialmente no nosso roteiro pelo bairro, quem sabe um dia desses, vocês não visitam essa vila com a gente.