INSTITUTO BUTANTAN


Esse lugar lindo que aparece no carrossel de fotos é o Instituto Butantan (@butantanoficial), nome que ouvimos falar muito nos últimos anos, por conta do trabalho científico e fundamental, que a entidade vem realizando, no combate da pandemia de COVID 19.


O @butantanoficial, faz parte do meu imaginário desde criança, quando eu morava num bairro próximo, chamado Rio Pequeno. Eu tinha um misto de fascínio e medo, das histórias que ouvia sobre cobras, aranhas e escorpiões.


Curiosamente, demorei décadas para visitar. Eu que já explorei grande parte da cidade nesses 7 anos de OMSP, nunca tinha ido até lá. Mas finalmente visitei na semana passada e não tinha ideia de que era tão grande (725 mil m2 de área verde), tão bonito e com tantos prédios tombados maravilhosos (12 ao todo, com estilos diferenciados como o Art Nouveau, Art Déco e até residências campestres Inglesas).


Após mais de 2 anos de restauro e reformas, as visitações foram retomadas e serão ao todo cerca de 20 atrações, porém, algumas como o Museu Histórico e a Biblioteca, ainda estão em fase final de montagem.


Vale conferir no site “parquedaciencia.butantan.gov.br” a programação e as atividades que precisam de agendamento, como a visita ao Horto Oswaldo Cruz ou a Trilha da Floresta, que acontece uma vez por mês.


Confesso, que essa é a primeira vez que faço um post sobre um local onde existem animais em cativeiro, contudo, durante a visita, ao perceberem o meu desconforto, os técnicos explicaram que a grande maioria dos animais expostos no Museu de Biologia (uma das atrações mais famosas), são provenientes de tráfico ilegal de animais e que eles não conseguiriam se adaptar novamente à natureza.


A entrada no instituto Butantan é gratuita e para visitar os museus, você paga um ingresso único no valor de 6 reais, vendido na lojinha do @butantanoficial, que fica atrás do Museu Biológico.


Instagram: @butantanoficial Av. Vital Brazil, 1500 Diariamente 07h às 17h Entrada Gratuita Ingresso Único para visita aos Museus | R$ 6