EMPÓRIO DATAVENIA


Dias atrás, durante minhas explorações pelo Centro, um empório próximo ao Largo São Francisco me chamou à atenção. Entrei e em meio aos ótimos produtos comercializados no local (na sua grande maioria bebidas e importados), fiz uma sequência de descobertas. No fundo da loja, havia um misto de café e lanchonete, onde experimentei um delicioso sanduíche de presunto cru, bem recheado. Enquanto comia, percebi que a sala que servia de estoque tinha uma porta de cofre de banco. Além disso, toda a parede do lado direito tinha um painel modernista. Já pagando minha conta no caixa, pude ver o nome do autor, o painel era do artista Clovis Graciano. Os funcionários me confirmaram então, que ali naquele espaço funcionou um banco, que na época encomendou o painel. Intrigado e já em casa, fui atrás de mais informações. Qual seria o banco? Por que um painel modernista? Com alguns cliques, estavam sanadas algumas dúvidas, o banco era o Nacional Imobiliário, responsável por clássicos da arquitetura moderna como o Copan, Edifício Triangulo, Montreal, Califórnia e Eiffel. O painel é de 1962 e mostra o “Desembarque dos Colonizadores e subida da Serra”. Ainda quero descobrir se o BNI, também projetou o Edifício São Leopoldo, onde se encontra o empório, mas esta resposta vai ficar mais para frente. Instagram: @emporiodatavenia Rua Senador Paulo Egídio, 70 | Sé Seg a sex | 09h às 20h Sáb | 10h às 15h

Para mais informações entre em contato

pelo e-mail - insta@omelhordesampa.com

 

Também realizamos passeios sob medida para grupos de amigos,

famílias, turistas e empresas. 

Solicite um orçamento e reserve já a sua data.