CASA DA DONA YAYÁ

10.05.2015

 

Fica em cartaz até dia 17/05 na Casa do Dona Yayá no Bixiga uma interessante exposição sobre o escritório de arquitetura Ramos de Azevedo, responsável por obras fantásticas como o Teatro e o Mercado Municipal de São Paulo. A casa construída em 1870 e que atualmente é um Centro Cultural da Universidade de São Paulo, pertenceu a aristocrata Sebastiana de Melo Freire (Dona Yayá), que sofria de esquizofrenia e foi mantida enclausurada até 1961 (data de sua morte), após uma vida familiar repleta de tragédias. Por conta das histórias da família e da própria Dona Yayá, a casa também ficou conhecida por comentários de que supostamente seria mal assombrada. A visitação ocorre de segunda a sexta das 9h às 17h e aos domingos das 10h às 15h, com entrada franca.

Please reload

Para mais informações entre em contato

pelo e-mail - insta@omelhordesampa.com

 

Também realizamos passeios sob medida para grupos de amigos,

famílias, turistas e empresas. 

Solicite um orçamento e reserve já a sua data.